Neste mês do Orgulho Gay, revelei NOVIDADES com 2 novas Parcerias com instituições LGBT's portuguesas! =D

domingo, 30 de novembro de 2014

O jantar das bichas

Boas!

Há pouco mais de um mês, tive um jantar de bichas. Sim, não frequento o meio gay mas ando a "passar por lá" por convite de algumas pessoas e ando a DETESTAR! GRRRRR

O jantar era uma de recolha de fundos e começava as 20h. Quem organizava aquilo era um grupinho de bichas trintonas a pensar que eram sexys, mas mais pareciam a Júlia Pinheiro quando pesava os 100Kg (ou quase!) e com um ar muito superior... Enfim. Estavam no jantar umas 10 pessoas mas sabíamos que vinham mais. Quem lá estava? Lembram-se do gajo que conheci há coisa de dois meses? E que merecia levar com uma tonelada de tijolos na cabeça? Sim! Esse mesmo! Sozinho? Sim, inicialmente. Depois foi ao metro buscar um amigo (eu a pensar que seria o namorado). E lá estavam eles os 2 a falar em que o rapaz que tinha vindo de metro parecia com uma enorme vontade de fugir dali...

Eu juntei-me a um grupo de mais 3 rapazes. Dois deles já se conheciam e o outro era como eu - estava lá às aranhas! O nosso tema de conversa era ver os outros rapazes e depressa comecei a perceber que quase toda a gente se conhecia por serem namorados ou ex namorados de amigos ou conhecidos... o Mundo gay é tão pequeno! Todos já se conhecem. Todos já se comeram uns aos outros! E algo que eu acho completamente nojento, é falarem da vida pessoal e de tamanho de pilas... que horror! Que falta de respeito! E depois são tão hipócritas! Sorrisos cínicos! Pessoas cínicas! Fuck! E mais pessoas tinham chegado. Pessoas horríveis a pavonearem-se e homens lindíssimos (vá, um ou dois lol) que pareciam super simpáticos!

E começavam a expor o que haveria para o jantar... pouca variedade. A maior parte era doçaria e que nada daquilo era propriamente barato. Eu e felizmente os rapazes do meu grupo, torcíamos o nariz àquilo e um deles dizia que lhe apetecia frango assado. Isto porquê? Nós tínhamos ido à procura de um ATM levantar dinheiro e passamos por um restaurante que dizia que tinha frango assado! E eles lá continuavam a pôr comida... bolos e mais bolos... comecei a fazer as contas e percebia que o jantar não em ficaria propriamente barato e nem iria comer nada de jeito!! Portanto encabecei o movimento de todos nós (o meu grupo lol), irmos ao tal restaurante para o nosso "amigo" ir comer o frango e nós iríamos comer comida quente e que ainda iria sair mais barato! Quando eles disseram que a comida estava toda exposta e que o jantar começaria, nós saímos de fininho e fomos para o restaurante que ficava na rua ao lado! LOL

Quando entramos no restaurante, ele estava vazio. Era dirigido por uma família de indianos que estavam muito entretidos a ver um filme na televisão com uma péssima dobragem para um língua que desconheço. As fotografias dos pratos que tinham já estavam sem cor... enfim, seguimos em frente e escolhemos o que queríamos. O tal quis frango com batatas fritas e nós os 3 hambúrgueres com batatas fritas e um sumo para cada um de nós os 4, tudo por 5€. Barato, hein? Era comida quente e não era nada de bolos e não comeria em pé! Achamos o restaurante sorreal e lamentamos estar naquela situação visto estar numa rua bastante movimentada e que poderia ganhar muitos turistas. Enquanto o jantar não vinha, falávamos de nós. Percebi que eu era o único não "letrado". Os outros eram: mestre, estudante de mestrado e outro em final de licenciatura e eu.. com o 12ºano! Bahhh Enfim, passando essa parte, a comida lá veio. Tinha uma óptima apresentação (ou nós estavamos cheios de fome)! A comida tinha sido acabado de fazer! Hambúrguer era congelada mas tinha algum sabor, as batatas fritas estavam bem quentes e eram generosas, salada, e ovo estrelado e claro, a acompanhar, um Ice Tea lol Enquanto jantávamos, tínhamos sempre uns 3 indianos a olhar fixamente para a televisão e a rirem-se.... aquilo parecia um filme dramático mas lá deveria ter a sua piada!... Fim do jantar e lá voltamos às bichas finas.

Chegamos e reparei logo que o tal rapaz que merecia uma tijolada na cabeça, estava completamente sozinho a comer. Admito, tive pena... mas merecia-o. Nós tínhamos acabado de chegar e ficaria mal não comer nada para ajudar. Lá comemos uma fatia de bolo e já podíamos dizer que contribuirmos! lol Ficamos os 4 a falar durante bastante tempo, num pequeno circulo. Falamos de tudo, principalmente de outros gajos. Entretanto percebi que estava atrás de mim um casal trintão. Um gajo normal com uma bicha ultra fashion. Estão a ver? Pois bem, não vejam, é demoníaco! O que resolvi fazer? (Sim eu sei, sou horrível) Comecei a pôr-me a provocar. Ora, imaginem, eu em pé e imediatamente atrás de mim um casal sentado.... a uns 50cm, se tanto, e eu a fazer provocações. De vez em quando, lá olhava para trás e percebia algo fantástico que só me apetecia fotografar e moldurar para recordação. Então, a bicha moderna olhava-me com uma vontade tremenda de me degolar logo ali, a sangue frio e o outro, a olhar como se aquilo que fazia se tratasse de um doce preferido!! Ahahah O que eu adorei! Entretanto a bichinha quis tirar umas fotos a dizer que esteve no evento e foram-se embora. Aquela relação ou vai no inicio e vai acabar num instante ou o gajo trai a "miss" tanto quanto pode! Senti-me um destruir de lares! Ahahah

E a noite já avançava e o tal gajo da tijolada continuava sozinho e a deambular pelo espaço. De vez em quando via-o a poisar em vários grupos existentes sem grande expectativa. A certo momento via-me a chamar para ir ao pé dele. Não ia, obviamente. Respondia chamando-o para o meu grupo, ao qual não vinha. "Aii não vens? Então porque hei-de ir ao pé de ti? Vai-te foder" - era o que eu estava a pensar lol Entretanto os dois rapazes que já se conheciam tinham de ir embora para ir ter com um grupo de amigos. Eu e o tal que também estava às aranhas, não tivemos coragem de nos colarmos. Assim, ficamos pelo espaço. Entretanto o rapaz da tijolada lá se aproximou e ficamos os 3 a falar sobre coisas superficiais e percebi que estava na mesma. Mandei-lhe várias bocas mas ele fingia que não percebia ou a sua burrice é tão grande que não as percebeu. E como nada daquilo atava ou desatava, eu e o rapaz resolvemos ir embora. O rapaz, simpático, quis levar-me à paragem de autocarro que ficava bastante longe... Do que falamos? Da vida dele. Sujeito bastante simpático e boa pessoa. Combinámos por alto sair à noite, visto que nem eu nem ele conhecemos a noite gay lisboeta. Quando estava a entrar para o autocarro deu-me o facebook dele. Estaria a atirar-se a mim? Nahhhhh

Se gostei do jantar das bichas? Bem, não jantei com elas lol, mas não, não gostei. É só putas e cabrões. Mas pelo que parece o mundo é realmente pequeno, todos conhecem todos. Todos já foderem com todos. Todos têm vídeos de sexo de todos. Todos sabem tudo de todos. Todos traem todos. E todos são felizes assim.

Eu sou feliz como sou e não preciso do "diz que disse" para me sair bem.
O mundo gay é uma merda.
(Acabei de ouvir o Prof Marcelo a dizer que faz exactamente hoje 80 anos que foi publicada a "Mensagem" de Fernando Pessoa. Que giro!)

Beijinhos e portem-se mal!! ;)

domingo, 23 de novembro de 2014

1 Ano Solteiro

Olá!

Faz exactamente hoje um ano que me "solteirei".

Um ano que, tal como sabem, não me foi fácil. Ao longo deste mês tenho pensado muito, feito um balanço (sim, a palavra é essa - balanço) destes últimos doze meses.

Que conclusão chego? A pouquíssima coisa:

> Amei um merdas, que (pelo menos quero acreditar nisso) em algum momento me amou;
> Com ele revelaram-se em mim sentimentos fantásticos - a partilha, a cedência [esta exerci demasiado bem], a confiança e o amor;
> Continuo à espera, embora toda a gente me diga que isso não é importante, de saber o motivo pelo qual ele não teve colhões para falar comigo sobre o que se passou (admito, de tempos a tempos ainda lhe ligo na esperança que ele se justifique. Vai sempre parar ao VoiceMail [manter a cabeça ocupada é o melhor que tenho feito!...]). Mas lá está, ele é um merdas. Se ele me ligasse, o que diria? Não faço a mínima ideia... não faço mesmo - não sei se o mandaria à merda ou desligasse logo a chamada ou se tivesse a calma suficiente para ouvir o que ele me queria... não sei.

Com a ausência dele, a que conclusão chego da minha vida?

> Sou muito melhor sozinho do que quando estava acompanhado (entenda-se, por aquela determinada pessoa);
> Quando penso que sinto uma enorme falta dele, paro 5 segundos e tento perceber se, sinto falta da pessoa ou dos afectos (a resposta está mais à frente);
> Estou a escrever este texto a sorrir e a cantar (vezes sem conta)... o que deverá quer dizer alguma coisa. Não?!

Como espero que seja a minha vida (entenda-se, sentimental)?

> ... Antes de tudo, tem de existir vida sentimental ahahah;
> Existindo, que seja tão maravilhosa e... mágica e... apaixonante e... tudo a que tenha direito!
> Quero voltar a sentir-me querido, amado, desejado... tenho saudades.

Tive sérias dificuldades para encontrar a música ideal para este texto... está foi a que mais me ocorreu. Mais que não seja, acho a música linda!!

Tal como no filme a qual esta música pertence, sinto-me tão parecido com a personagem Bridget Jones - naife, carente e sorridente (a ignorância é felicidade!?).



Beijinhos e portem-se mal!! ;)

PS - Sinto falta de afectos, não dele.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Vício, Álcool e Sexo!

Olá Olá!

Como estão? Tudo bem??

É verdade, rendi-me aos prazeres da vida - ao vício do jogo, garrafas de álcool e sexo sem limites! Ando uma verdadeira galdéria (já vos tinha dito....)!!!! Mas será bem assim?...

No fim-de-semana de 11 e 12 de Outubro e por convite da minha amiga IC, o nosso "grupo de amigos" foi jantar a sua casa. Visto que os pais dela tinham ido para Fátima, ela tinha a casa livre e lembrou-se em convidar-nos a lá ir e sempre era uma coisa diferente. Quer eu, quer o AT nunca tínhamos ido à casa da IC.

Portanto, sábado à tarde o AT veio buscar-me a casa e depois fomos buscar a NM (a casa) e, finalmente, fomos para a casa da IC. Mas como estávamos a ficar atrasados, a IC veio ter connosco. Entretanto fomos ao Continente fazer as compras para o jantar! Imaginem a nossa figura! Dois homens e duas mulheres a cirandar pelo Continente e a escolher o que haveríamos de comer. Eu e o AT queríamos esparguete à bolonhesa e elas bifes de frango laminados com bacon, cogumelos, esparguete, natas.... como elas são mulheres, ganharam-nos... (sim, discutíamos isto tudo à frente das pessoas).

Mas nós queríamos "viver a vida louca" (como diria a Fanny) e portanto quisemos comprar umas garrafitas de álcool. Fomos à parte das cervejas. Nenhum de nós gosta de cerveja, portanto quisemos beber algo parecido com sumo por causa do sabor. Descobrimos grades de 4 garrafas da marca "Strongbow" e resolvemos experimentar. Havia 3 sabores diferentes, e portanto apenas levemos dois sabores repetidos.

Quando estávamos a escolher o bacon para fazer o jantar, eis uma saída da IC "Fodase, compensa mais comprar alcool do que bacon! Já viram o preço?". Estava a uma mulher também a escolher uma embalagem e, de repente, olha para nós os 4 com um olhar muito sério e vira-nos as costas! Começamos a rir! (somos tão crianças!... Enfim!)

Depois fomos para a casa da IC. É um lugar muito simpático, apesar de ser um prédio antigo, lá dentro, está super moderno e tudo muito estimado.... gostei da casa! Entretanto, fomos fazendo o jantar. Surgiu naturalmente a ideia de lá dormirmos e foi rapidamente, aceite por todos. Mas, se íamos lá dormir, teríamos de ter uma noite diferente!! Tínhamos de fazer uma cosia mais arrojada! A IC lembrou-se que poderia fazer umas caipirinhas com vodka preta e eu dizia que seria boa ideia comprar algo para petiscar durante a noite toda.... Lista feita, e voltamos para o carro. A IC ficou em casa para adiantar o jantar. (A minha ideia era irmos sair à noite... mas ninguém quis ir....)

Começamos por ir à procura de qualquer coisa para petiscar à noite. Não saberíamos o que comer, portanto, acabamos por ir para a parte das bolachas e, acabamos por trazer bolachas de uma marca muito duvidosa, mas que tinham chocolate.... imaginem....beber aquilo com vodka.... -,-
Claro que teríamos de ir à Vodka! E rapidamente! Eu gosto do sabor da vodka preta e teríamos de ir comprar uma garrafa, néh?! Vimos lá uma marca que era a "Misss" mas era muito barata e tive medo de não ser grande coisa. Um pouco mais cara havia a marca "Eristoff" e esta sim, é uma marca conhecida e que tinha a certeza que era boa! Compramos também açúcar mascavado e limões!

Quando regressamos a casa, o jantar já estava pronto. Fomos pôr a mesma num instante e começamos a comer. Como sempre, temos uma falha grave - não temos noção das doses. Fazemos sempre comida a mais! Conclusão, tínhamos à nossa frente um tachão cheio de comida.... por mais que comêssemos, iria sobrar cerca de metade da comida... um verdadeiro desperdício! Mas, nada de aflições, já tínhamos almoço para o dia seguinte! lool Enquanto jantávamos, ouvíamos musica do VH1 e do Trace (por vontade delas). Depois, arrumar a cozinha e começar a jogatana!

Já há muitos anos que não jogava ao Monopólio! Que saudades... Saudades de comprar os terrenos, as casas... e, por fim, falir! ahahah Enquanto jogávamos íamos beber as cervejas... a melhor era, sem dúvida a de morango/frutos silvestres.... muito boa! Depois, fomos para as caipirinhas de vodka preta. E não é que a IC fez muito bem?? É verdade, gostei bastante. Entretanto, a NM odiou a vodka e eu fiquei em 2ºlugar no Monopólio (sendo a vencedora a NM). E as horas iam passando. Eu queria a desforra mas as miúdas queriam ir dormir. Portanto, fomos dormir. Elas dormiram no quarto dos pais (ambas na mesma cama) e nós, eu e o AT, no quarto dela (tem um beliche... dormi em baixo ahaha). Não posso dizer que tenha dormido propriamente bem, por causa do frio que fui tendo durante a noite, mas dormiu-se lol

No dia seguinte, acordamos tarde. O nosso pequeno-almoço foi o jantar do dia anterior e juntamos mais um pacote de natas! Lá se comeu aquilo e depois fomos embora (mas antes arrumamos a cozinha!). =)


E o sexo, esse... já nem sei como se faz!.................


Beijinhos e portem-se mal!! ;)