Em Setembro, há NOVIDADES! Nova Parceria, Passatempos, e o início das inscrições do 1º Sunset Solidário da Blogosfera portuguesa! =D

terça-feira, 24 de maio de 2016

Susto no metro!

Boas!

Eu cá não sei o que se passa no metro de Lisboa e, também não quero saber! Só espero que o passe que pago todos os meses, tenha uma cobertura de seguro suficiente para algum acidente grave!

Nos últimos tempos, tenho apanhado com travagens muitíssimo bruscas no metro e... não sei o meu dia de amanhã... =/

Na primeira vez que aconteceu, a carruagem ia cheia e, quando vinha em "velocidade cruzeiro", o maquinista mete a travagem a fundo. Felizmente íamos que nem "lata de sardinhas" se não, magoava-me a sério. As pessoas foram todas umas contra as outras e, foi isso que nos ajudou - como eu ia agarrado a um dos varões existentes, acabei por não sofrer muito com o ocorrido, fui contra outras pessoas e o embate ficou amortecido entre nós. Quem estava na periferia, teve que suportar o embate... =(

Passado poucos dias, outra situação e para mim, mais grave! O metro já não ia em hora de ponta, como antes, logo havia mais espaço; eu ia de pé, encostado a uma parede (completamente descontraído) e, estávamos nós a sair de uma estação quando... trava a fundo! Lá sou projectado com força na parece onde estou e, as pessoas que estão mais ou menos espalhadas, são mandadas para o meu lado. Felizmente, foi coisa pouca mas eu já ando passado com isto! Se eu me magoasse a sério?

Pergunto o motivo pelo qual isto possa acontecer... é assim tão normal, e eu sou um "sortudo" de ser apanhado nisto poucas vezes? Como é que o metropolitano funciona desta maneira? Bom, e já nem vou falar no estado de várias estações (onde há necessidade notória de higiene e segurança)... Andamos a pagar um balúrdio de bilhetes, para quê? Para fazerem cada vez mais estações de metro? Mas se nem conseguem cuidar das existentes!! Pelo amor de deus!....


Se for para morrer, que seja com estilo, se faz favor!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)