Participa no 1º Lanche de Natal da Blogosfera! Inscreve-te até dia 16 de Dezembro! Escreve para o meu e-mail: adolescentegay92@gmail.com

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Dark Circus Modus Vivendi

Oiiii!

ADORO! A partir do Reino Unido, a Modus Vivendi presenteia-nos com a mais natalícia das suas colecções Outono/Inverno, através de um estúdio transformado num circo fantasmagórico, e uma combinação de força e sensualidade - mas, acima de tudo, masculinidade.
Podem saber mais sobre estas cuecas aqui
linha transparente é composta por cuecas (de dois géneros) e boxers, bem como manga à cava e t-shirt's em três cores (preto, vermelho e azul), com malha em preto. A malha é transparente o que torna estas peças sexy's e, simultaneamente escuras - subtilmente eróticas... I liked!! =D



Através dos atletas percebe-se que esta colecção foi desenhada para esculpir os quadris, nádegas e ombros - trazendo-nos linhas fortes e que escondem forros e bolsas (Wowww!)! Contamos ainda com os modelos Perrie Hooper (primeiro) e Matthew Blades (segundo), e com o fotógrafo Gavin Harrison.
Saibam mais sobre estas cuecas, e manga à cava
Pesquisem no site e mandem vir o que vos ficará melhor.
Eu já recebi vários produtos e, tudo veio muito bem condicionado e discreto!

E pronto, as compras de Natal ficaram resolvidas! =P




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Halloween no TRUMPS '16

Olá Olá!

Melhor que ir a primeira vez ao TRUMPS, é ir duas vezes ao TRUMPS, num espaço de 15 dias! Estou rendido aos homens que por lá passam e que, fazem as minhas delícias ópticas... mas vá, deixem-me já explicar o início desta noite que, o fim, poderia ter sido onde eu quisesse!! Hmm!

No dia 31 e, por volta das 16:30h, o meu amigo AT liga-me a fazer um convite estranho... ir ao TRUMPS com ele e com o seu novo namorado (resumindo: ele teve o 1º namorado uns meses mas a coisa não correu bem, entretanto arranjou este para esquecer o outro). Perguntei-lhe se ia fazer de vela, ao qual me respondeu prontamente que não (e eu sou a fada dos dentes!!). Fiquei entusiasmado com a ideia mas... estava a passar o dia na faculdade e não ia perder matéria por causa de uma saída à noite, muito menos em cima da hora (ODEIO coisas marcadas em cima do joelho...); ele concordou e ficou combinado eles esperarem por mim, isto é: que eu chegasse a casa, depois das aulas, que fosse jantar e que ainda fosse arranjar-me - sim, eu não ia de qualquer maneira para "a noite"! =P

Por volta das 23h, já estava com eles e, de metro, fomos para o Príncipe Real. Começou a chover mas, também depressa parou (a escadaria do Museu de História Natural serviu-nos de abrigo por uns minutos). Resolvemos ir para um bar... depois de nos termos perdido por aquelas ruas terríveis, lá encontramos o Bar 106, WoofLX, TR3S e o Finalmente. Queria ir conhecer o TR3S mas, estava a abarrotar de gente (e, admito, tanto homem grande intimidava-me...) e, então, fomos para o WoofLX (onde também há homens grandes, especialmente os funcionários... OMFFFFG)!! *.*
Entramos e estava lá o barman da outra vez mas não estava sozinho - estava acompanhado por um matcho mutcho más guapo - un verdadero tío! Assim, com mais uns 10 anos, tatuado e... podre de bom - um verdadeiro homem! Pus-me no canto do balcão (perto do aquário) e pedi ao moço a minha Coca-Cola de 2,50€. A bebida durou-me cerca de 2 horas (não fosse eu um teso do caraças, bebia mais umas coisas lol) e, enquanto isso, íamos falando os 3. Sobre o quê? Banalidades, pois o sujeitinho não tinha pedigree para mais. O bar, foi enchendo q.b. de uns moços giros e de uns quantos paizinhos que, alguns deles, bem me podiam levar a dar uma volta ao carrossel... O tempo passava e começávamos a ter vontade de ir para o destino final da noite. Por volta das 2h, fomos ao TRUMPS!

Após os 12€ de entrada, as caras mascaradas começaram a surgir. De imediato, descemos para os calabouços quentes, onde homens em tronco nu chupariam qualquer coisa (sangue, obviamente!). Os vampiros e outras-figuras-estranhas, desfilavam aos encontrões por entre a malta que, tal como eu, estava à civil. Ficamos, a maior parte do tempo, na sala de house music (onde é permitido fumar e onde é a maior das duas salas). Fui buscar a minha vodka preta mas, surpreendentemente cobraram-me apenas um ticket (que continha um aditivo qualquer... ao dar a provar aos meus companheiros de saída, havia um gosto forte que nos parecia ser uísque ou coisa que o valha [não sou muito com a identificar bebidas lol] ao contrário da última vez que lá fui, quiseram-me as duas partes do ticket).

E dançava, dançava e dançava - sozinho que, o casal que em acompanhava, estava parado a olhar para as pessoas com um ar estranho - eu, borrifei-me para eles e para as pessoas e dançava ao meu jeito; tentava atrair algum macho-alfa, mas só captava a atenção a homens comprometidos (mas giros, por sinal). Nos entretantos, lá captei a atenção de um ou outro gajo giro que, por nabice da minha parte (ou qualquer outra coisa), não houve desenvolvimentos mas... houve uma excepção!
E a noite caminhava para o fim. Ás 6h, fomos convidados a sair. Subimos as escadas (admito, tive que me agarrar ao corrimão - estava super cansado e medo de tropeçar naquelas escadas). Já cá em cima, eles resolveram sentar-se um pouco no chão e eu, claro, fiquei em pé (recuso sentar-me no chão! lol). Cá fora (lá dentro já o tinha visto) estava o tipo que, na outra vez, fazia-se ao moço que tinha namorado... mas, não só!

Lá dentro houve um tipo magro, engraçoso, e que fumava, que não parava de olhar para mim e que, deveria ter um qualquer problema cervical pois tinha uns tiques duvidosos no pescoço e que, estava já cá fora, a fumar. Olhamos-nos e aquele tique no pescoço tinha voltado, virando a cabeça para o cima da rua mas eu, nada (ok, se calhar ele estava a engatar-me mas... naaaa, não acredito!).

Ele vem para perto de nós, com outro cigarro e, tal como na primeira imagem, com as mãos ao pé da boca, e pergunta-me se tenho isqueiro, ao qual respondo "Eu não fumo...". Ele, revira o olhar e, ao mesmo tempo, abre as duas mãos em leque, como quem diz "Fodase, és mesmo burro!". Nesse instante, o meu tico & o teco chegaram à brilhante conclusão que estava a ser alvo de engate! Como é possível? Bom, não sei, mas tinha de ver no que aquilo ia dar e lá resolvi vestir a personagem de quem-ia-alinhar-num-engate-de-berma-de-estrada (literalmente falando! lol), se ele ao menos fosse hombre... explico: quando me pediu lume, ele tinha um voz fina... mais fina que a minha e, eu tenho um lema de vida: "Para bicha, já basto eu!". Assim, o interesse que tinha pelo moço, desapareceu.

Ele fumava ali, ao pé de nós. Ora subia um pouco a rua, ora descia. Continuava com aqueles tiques estranhos no pescoço (ele tem de ir ao osteopata!) e, como já começava a sentir-me mal com a situação (tal como o casal que estava comigo que, nada estava a perceber) resolvi dar a fuga! Assim que o moço desceu demasiado a rua, disse para o casal Vamos embora! Vá, andem! E lá fomos, sem sermos seguidos. Sim, meus queridos, falta-me a coragem para avançar... não sabia o que fazer com um homem... imagem o desperdício se fosse todo musculado? Nem quero pensar nessa calamidade!

Quem diria, como a vida faz-se de evolução: em 2014, aquando do meu 1º Arraial Gay, tinha estado cerca de 2h à porta das discotecas por ter medo de entrar e, agora, até sou engato! C'est la vie! =D

Na Pop Room, eis uma das músicas com que mais se vibrou!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

3 anos, 3 fases

Boa noite.

Faz este mês, 3 anos, que estou solteiro. Esta publicação é mais do que uma reflexão, é um guia prático para o fim de uma relação que me tornou uma pessoa diferente, mas nunca deixando de ser quem sou: um homem.

Certamente recordar-se-ão do fim tão triste que teve a minha antiga relação mas, vamos por partes, pois a minha relação teve duas épocas. No início comecei a tomar fluoxtina e, a relação acabou 5 meses após o seu início. Pouco tempo de depois, voltamos - estivemos juntos mais uns 9 meses.

Após o fim da relação, fui obrigado a contar aos meus pais que sou gay e, acabei por desabafar com vocês, os motivos do fim da minha primeira e, até hoje, única relação. Ainda consigo lembrar-me das chamadas em alta voz que me fazia com o seu novo companheiro... a insultarem-me...

E assim começou a Fase Um - A Revolta!



Mas a vida continuou. Ainda tentei esclarecer as coisas, mas não valeu a pena. Apesar de tentar arranjar outra relação, continuava a ama-lo. Segui com a minha vida, enriquecendo os meus conhecimentos mas, a par disso, continuava a sentir falta de um abraço... Divertia-me com os meus amigos (coisa que já não fazia há muito!) e, entretanto, já tinha passado o primeiro ano de solteiro.

Entretanto o meu avô morreu, o meu pai saiu de casa, e os meus pais divorciaram-se mas, eu mesmo assim, tentava espairecer (mesmo com aquela pequena esperança...)... "acabei" por descobrir a "fama" dele no seu emprego tão bom e que ganhava tão bem - chamavam-lhe um aldrabão.

Ele ainda em Junho deste ano, enviou-me um e-mail em branco. Desestabilizou-me? Claro. Mas não pensei muito no assunto. Também soube que ele mudou de emprego e, agora, está à volta de Tupperware's - nada melhor que descer de cavalo para burro! Haja Deus!

Fase Dois - A Indiferença!



Sinto-me melhor agora. Sinto que, apesar de sozinho, e aos zig-zag's, consigo construir alguma coisa. Divirto-me como quero, com quem quero, e onde quero. Estudo e cresço. Tenho objectivos e desejos - ambições. Fortaleci, e gosto disso.

Não posso dizer que não cometerei os mesmos erros mas, pelo menos, já conheço as consequências.

Sinto-me preparado para o futuro. Estou menos fechado e, talvez pelo facto de não ter sexo há 3 anos (e sentir uma enorme falta disso!), faça-me estar mais liberto e pré-disposto a conhecer novas realidades - a necessidade aguça o engenho! Sem virar puta, sinto-me mais natural e menos retraído.

Voltei a valorizar-me enquanto pessoa, homem, e jovem que ainda sou. A vida é para se viver. =)

Fase Três - A re-valorização!



Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

1º Lanche de Natal

Olá!

Sim, estão abertas as inscrições para o 1º Lanche de Natal da Blogosfera.

Durante o 7º Jantar Anual da Blogosfera, o autor d' As Aventuras de Mark sugeriu-me a ideia de se fazer um Lanche de Natal - a ideia ganhou forma e já está tudo marcado!

Antes de mais, tenho de fazer um justo agradecimento à leitora Magg.
Mais uma vez, ela é a responsável pelo logótipo dos eventos da blogosfera... Sempre disponível e é de louvar a paciência para todos os meus mau-feitios! Obrigado Magg pelo teu óptimo trabalho! =)
Agora vamos ao que importa: o que é o Lanche de Natal da Blogosfera?

Pretende-se reunir todos aqueles que gostam da blogosfera e, assim, todos aqueles que são detentores de blogues, sites, páginas web, e aplicações, estão convidados a participar. Tal como sempre, é aberto a leitores de todo o tipo de plataformas digitais.

Quando é? Como posso participar?

O Lanche é sábado, dia 17 de Dezembro. O local já está escolhido mas só será divulgado aos participantes, por e-mail. Quem quer participar deve envia-me e-mail (adolescentegay92@gmail.com), até dia 16 de Dezembro, às 23:59h, indicando que quer ir ao lanche e, assim saberá os pormenores.

Quanto custa? Posso levar alguém?

O local é uma das mais famosas e prestigiadas pastelarias de Lisboa, onde os preços são de acordo com o tabelado visto que, iremos a título particular. Naturalmente que podes levar quem quiseres (deves informar-se desse facto previamente). O lanche pretende ser totalmente acolhedor, onde as camisolas de lã, casacos quentes, e as botas, são bem-vindas!

Venham "cantar" à chegada do Natal! Aguardo pelo vosso e-mail, para lancharmos juntos! =)




Beijinhos e porta-te mal!! ;)

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Antibacterial Modus Vivendi

Boa noite!

Nunca pensei que tal existisse! Juro que desconhecia que havia tecido antibacteriano!
A Modus Vivendi volta a brindar-nos com uma descoberta maravilhosa, através da nova linha feita a partir de um tecido de algodão puro, com propriedades antibacterianas!
Podem saber mais sobre estas cuecas aqui
A linha antibacteriana é composta por cuecas super confortáveis, cuecas clássicos e boxers, bem como manga à cava e t-shirt's em três cores (preto, branco e bege), com design masculino e simples. Esta tecnologia combate as bactérias e, assim, diminui o odor de corpo, mantendo-o fresco por mais tempo. =)
Saibam mais sobre as cuecas, boxers, e manga á cava
OMFG! Já viram o vídeo aqui em baixo?? Vejam os dançarinos profissionais (Eduardo Fedriani e Julián Goméz), a brincarem (e a serem molhados em cuecas brancas!) com estas peças... =O

Pesquisem no site e mandem vir o que vos ficará melhor.
Eu já recebi vários produtos e, tudo veio muito bem condicionado e discreto!

Já participaram no Passatempo Modus Vivendi? Os prémios são 100€ em peças à vossa escolha!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

1ª vez TRUMPS

Oiiiii!

Aquando do 7º Jantar Anual de Bloggers, disse-vos que a noite estava a começar, mesmo após o fim do encontro e, hoje, irei continuar a relatar-vos a noite que foi... memorável! =D

Do grupo inicial, nem todos rumamos ao Bairro Alto: apenas eu, a leitora Magg, a Queering Style, o No Limite do Oceano e o seu mais que tudo, e ainda o Um Deus Caido do Olimpo, é que fomos para a mesma rua e bar onde estivemos no mês passado.
Após estarmos a falar durante cerca de 2 horas, o grupo foi-se dissipando, restando apenas 3 e um convite no ar: e que tal irmos ao Trumps (que faz anos no mesmo dia que eu)? Óbvio que aceitei!

Ficamos mais um pouco no Bairro e, rumamos ao... WoofLX! Que sonho concretizado ahahah!

Vocês sabem que A-DO-RO homens musculados, masculinos, grandes (não gordos!) e... charmosos; assim, ir ao Woof, foi um paraíso na terra (um paraíso bem peludo, diga-se! Ahahah!).

De lá, morri de amores por um jovem barman (talvez da minha idade), de boné, que fartou-se de me piscar o olho. Mas, antes de vos contar mais, deverão querer saber quem ficou comigo até de manhã... foi o'No Limite do Oceano e o seu mais que tudo (o que fartamos de nos divertir)! =D
Continuando: estávamos nós neste bar e, vendo os vários "piscar de olho" à minha pessoa, o casal que me acompanhava perguntou-me: De onde é que o conheces? Ele está interessado!.... eu: não o conheço... mas é bem giro...! Ofereceu-nos um shot mas, como queria manter aquele sonho real, não o bebi... na saída do bar, fizemos uma vénia com a cabeça um ao outro. OMFG ele é TÃO BOM!!! =O

E a marcha seguiu. Eram praticamente 4:30h quando entramos no Trumps. Pagamos os 12€ de entrada e lá fomos. Eu e o No Limite do Oceano,nunca tínhamos lá ido e, assim, estávamos completamente a absorver aquele espaço mítico da capital portuguesa.

Entrando, apercebemos-nos de uma sala simpática com uns sofás mas, o nosso interesse estava ao fundo das escadas (que era de onde vinha a música)! Descemos e viramos à esquerda, a sala onde se pode fumar e que estava cheíssima! Após estarmos lá alguns minutos e, sendo impossível chegar ao balcão para pedir as bebidas que tínhamos direito, fomos à sala ao lado (da direita), sem fumo.

Lá, apesar de estar igualmente cheia, foi mais fácil chegarmos às bebidas. O que bebi? O de sempre: uma vodka preta que estava divinal! Entre uns passos de dança ali e outros na outra sala, a noite foi passando, tal como os homens lindos que lá havia...

Naquela noite, havia poucos homens que faziam o meu género mas, houve um que... OMFFFFG!
Ele era tudo de bom: alto, grande (de ginásio), com vinte e muitos/trinta e poucos, lindo e com cara de malandro... pronto para fazer alguma naquela noite! No Trumps, ele esteve ao meu lado mas, tudo aconteceu, já depois das 6h, e à porta da discoteca...!

Na rua, ele estava a falar com uns tipos e, estava eu com o casal ao meu lado quando ele chega-se ao pé de mim e disse... opáh, ele ia chegar-se ao pé de mim! Aquele gajo fantástico estava na minha direcção!! Vá, confiança... e diz alguma coisa inteligente! - pensei eu naqueles segundos! Com passos um pouco tortos, ele vinha aí (Oh porra, e não é que vem mesmo??? Vá, calma, calma! E ele continua a vir!! Oh meu deus! Oh meu deus!! Calma, calma! Oh porra, ele ele vem mesmo falar...) e ele sai-se com esta pérola: não é por ele estar com o namorado ao lado, que não o vou beijar.

Grigri grigri. Ok, é oficial: os gajos giros apenas têm serradura na cabeça. Ele estava a atirar-se a um outro gajo que tinha namorado. Mas porque raio eu só tenho quedas destas? Será que ele disse aquilo por "apenas" estar um pouco tocado? Mas quem era ele? Como se chamava e o seu apelido?
Não sei, mas a sua imagem ficou bem colada à minha retina: lindo de morrer, que ficava muito bem ao meu lado... Ahahah! Oh se ficava!! Mas, lá está, convinha ser um pouco menos nabo!!! =/

E a noite acabou! Foi tão bom ter terminado a noite com dois novos amigos e, ter um jantar incrível.
Obrigado a todos pela confiança e... em 2017, realizar-se-á um novo jantar anual de bloggers! =D

Porque sim, abanei o meu mega rabo no Trumps, ao som desta música! =P




Beijinhos e portem-se mal!! ;)

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Obrigado Pete Burns

Boa noite.

No último domingo, morreu Pete(r) Burns. Estou tão triste.

Conheci-o através desta publicação, onde o blogger gozava com a música que ficou várias semanas no TOP de vendas no Reino Unido, nos anos 80.
Ouvi e gostei e, desde aí, ficou como um dos meus ídolos musicais.
Não quero dar-vos uma lição da sociologia da música, ou como é que a banda "Dead Or Alive" influenciou millões de pessoas em todo o mundo... especialmente no Japão mas, ele é fantástico! Dediquem algumas horas a pesquisarem, e a aculturarem-se, sobre este cantor que é um icon gay!

Adoro-o. Tenho-o então grande estima que, em 2012, equiparei-o à Madonna. Pete Burns é, para mim, um ídolo; é graças às suas músicas, atrevimento em palco, e ao facto de ser tão "desbocado", que me fez apaixonar por ele. Um dos meus sonhos era conhece-lo (ir a um concerto, por exemplo) e era "tão" fácil, estava aqui ao lado, até com o mesmo fuso horário que nós!... Mas agora, já não dá.

Boy George já comentou numa entrevista (que podem ver aqui) a relação que tinha com este cantor que, o acusou de plágio... Fico triste que a Madonna, ou outros cantores da mesma faixa etária e género musical, não tenham comentado. Nem na comunicação social portuguesa deram importância!

Ele continuará a marcar a minha vida. As suas músicas e a sua frontalidade, irão fazer-me rir e encantar, por muitos anos... Obrigado, Pete, por ajudares-me a crescer. Obrigado por teres existido.

Através deste video, poderão saber um pouco mais da vida deste cantor tão... freak unique!




Beijinhos e portem-se mal!! ;)